TERÇA-FEIRA, 16 DE JULHO DE 2019
Predomínio de Sol
23º
MÁX
10º
MIN
1020 AM
Rádio Independência
106,5 FM
Rádio São Miguel
93,3 FM
Rádio Terra das Águas
89,7 FM
Rádio Guaíra
820 AM
Rádio Cultura Foz
Opinião
Fonte: Elder Boff | Fotos: Arte (Davi Neto) | 07 de Agosto de 2018

Campanha curta

Só 35 dias de rádio

A partir da quinta-feira da semana que vem, dia 16 de agosto, passa a ser permitida a realização de propaganda eleitoral, como comícios, carreatas, distribuição de material gráfico e propaganda na Internet (desde que não paga), entre outras formas.

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão terá início em 31 de agosto (37 dias antes das eleições) e término no dia 4 de outubro. O período foi reduzido de 45 para 35 dias.

Os debates no rádio e na televisão só poderão ser realizados até 4 de outubro, admitida a extensão do debate cuja transmissão se inicie nesta data e se estenda até as 7 horas do dia 5.

No dia 4 de outubro, três dias antes da eleição do primeiro turno, também termina a propaganda política mediante reuniões públicas ou promoção de comícios, com exceção dos que forem encerramento de campanha, que poderão ser prorrogados por mais duas horas.

Um dia antes do pleito, 6 de outubro, é a data-limite para que seja feita a distribuição de material gráfico e a promoção de caminhada, carreata, passeata ou carro de som que transite pela cidade divulgando jingles ou mensagens de candidatos.

A véspera do pleito também é o último dia para o TSE divulgar comunicados, boletins e instruções ao eleitorado, via emissoras de rádio e de televisão, podendo ceder parte desse tempo para utilização dos TREs.

Para grata satisfação do povo, as campanhas eleitorais estão cada vez mais curtas.

Isso é bom até para alguns candidatos, principalmente aqueles que vão à reeleição, porque, de certa maneira, já estão estabelecidos com suas lideranças, com suas bases.

E isso vale para a disputa majoritária e proporcional. Tanto candidatos aos governos estaduais que já governam, como aqueles candidatos a deputado federal ou estadual que já se perpetuam no poder, a campanha curta acaba ajudando, porque os novos não tem muito tempo para mostrar a que vieram.

Mas a vantagem dos novos é o momento que a política vive e a consideração que este mesmo povo tem pela classe.

Então, pode ser que caras novas, equilibrem de certa maneira, a disputa com os carreiristas.

Elder Alberto Boff
Elder Boff, radialista desde 1987, gerente da Costa Oeste FM 93,3 de Santa Helena, repórter, apresentador de programas de entrevistas e noticiários, além de colunista da mídia eletrônica e escrita.
Costa Oeste News Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 99102-5533
Rádio São Miguel Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 98407-8348
Rádio Terra das Águas Telefone (45) 3268-8778 | Whatsapp (45) 98818-3666
Rádio Independência Telefone (45) 3264-1713 | Whatsapp (45) 99935-8890
Rádio Guaíra Telefone (44) 3642-1945 | Whatsapp (44) 99118-5606