QUARTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2018
Poss. de Panc. de Chuva a Tarde
37º
MÁX
24º
MIN
1020 AM
Rádio Independência
106,5 FM
Rádio São Miguel
93,3 FM
Rádio Terra das Águas
89,7 FM
Rádio Guaíra
| Fonte: Melhor com saúde | Fotos: Foto Ilustrativa | 11 de Outubro de 2018

Quais são as contribuições de uma dieta ácido-alcalina para a sua saúde?

Manter uma dieta ácido-alcalina tem múltiplos benefícios que mostraremos neste artigo. A dieta ácido-alcalina é um tipo de alimentação que está na moda. Baseia-se no consumo de alimentos que possam influenciar no pH do organismo, através do consumo de produtos ácidos e alcalinizantes.

Contras da dieta alcalina

Seguir uma dieta puramente alcalina tem certas desvantagens. Algumas delas são as seguintes: A dieta alcalina não desintoxica e nem purifica nosso organismo. Vai nos fazer ir ao banheiro mais regularmente e com fezes mais consistentes.
Nem os queijos e nem os iogurtes devem ser ingeridos, ou pelo menos não habitualmente, já que são produtos ácidos. Pode-se viver sem laticínios, mas não podemos nos esquecer de que eles fornecem vitaminas lipossolúveis, probióticos e cálcio, dentre muitas outras coisas.A dieta alcalina assegura que comer carne, peixe ou ovos é improdutivo ao pH alcalino. No entanto, isso não está absolutamente comprovado, por mais que não seja aconselhável abusar deles.

Alimentos permitidos na dieta ácido-alcalina

Para reduzir este tipo de desvantagens e evitar problemas derivados de uma dieta desequilibrada, surge a opção ácido-alcalina. Esse tipo de alimentação tenta equilibrar o pH do organismo, mantendo a nutrição adequada do organismo.
Como seguir uma dieta ácido-alcalina Para seguir esta dieta ácido-alcalina, será importante seguir alguns conselhos, como os seguintes:

Não se concentre em alimentos ácidos

Carne e macarrão, ou peixe e arroz, com um bolo para sobremesa e café, não é um menu recomendado. Isso porque é composto inteiramente de alimentos acidificantes. O mesmo pode ser dito de uma refeição de massa e molho de tomate acompanhada de uma sobremesa açucarada. Uma boa quantidade de verduras sob a forma de saladas, cruas ou cozidas, compensaria, pelo menos em parte, o conteúdo de ingredientes ácidos no prato.

Alimentos da dieta ácido-alcalina

Essas verduras, às vezes, estão presentes em outras comidas. No entanto, em geral, elas existem em quantidades tão pequenas que seu efeito é insignificante.

Maior quantidade de álcalis do que de ácidos

Será importante que a proporção entre alimentos produtores de bases, ou alcalinos, e alimentos produtores de ácidos seja sempre inclinada a favor dos alimentos alcalinizantes. Dessa maneira, os ácidos podem ser neutralizados a nível intestinal ou de tecido sem que o corpo tenha a necessidade de recorrer às reservas.

Fornecer ingredientes alcalinos em pessoas com acidez

Há algumas pessoas que são metabolicamente fracas diante dos ácidos. Isso significa que seu organismo não possui todos os recursos necessários para neutralizá-los adequadamente. Por sua vez, esta situação causa o conhecido desconforto próprio da acidez. Quanto mais exausto ou fraco o organismo estiver, menos reservas básicas ele terá disponíveis para equilibrar o sistema, neutralizando os ácidos. Ao ingerir poucos alimentos ácidos, o organismo trabalha menos para manter o equilíbrio ácido-base.

Você deve sempre adicionar alimentos alcalinos

Consumir exclusivamente frutas ou iogurte, ou beber apenas soro lácteo é fortemente desaconselhável, porque a contribuição do ácido não é compensada por alimento base algum, o que irá forçar o corpo a removê-lo de seus tecidos.
dieta ácido-alcalina evita acidez. Os riscos de transtornos por desmineralização consequentes disso são muito importantes. Estes serão, por outro lado, rapidamente experimentados pela pessoa afetada, sob a forma de súbita diminuição na vitalidade, irritação dos dentes, sensação de frio ou dores musculares.

Não consuma alimentos ácidos com muita frequência

Uma pessoa que sofre de fraqueza metabólica frente aos ácidos, mas que está em equilíbrio ácido-alcalino, pode lidar com uma ingestão repentina de ácidos. Isso pode acontecer, por exemplo, depois de ter ingerido muita fruta. Isto é assim porque, sendo um acontecimento único, o equilíbrio ácido-alcalino não corre perigo e não surge qualquer transtorno de acidificação. Com este tipo de dieta ácido-alcalina, podemos evitar os possíveis problemas derivados de seguir uma dieta exclusivamente alcalina. Desta forma, o pH do nosso organismo será mais equilibrado, com uma consequente alimentação mais saudável.

Costa Oeste News Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 99102-5533
Rádio São Miguel Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 98407-8348
Rádio Terra das Águas Telefone (45) 3268-8778 | Whatsapp (45) 98818-3666
Rádio Independência Telefone (45) 3264-1713 | Whatsapp (45) 99935-8890
Rádio Guaíra Telefone (44) 3642-1945 | Whatsapp (44) 99118-5606