TERÇA-FEIRA, 26 DE MARÇO DE 2019
Pancadas de Chuva a Tarde
30º
MÁX
19º
MIN
1020 AM
Rádio Independência
106,5 FM
Rádio São Miguel
93,3 FM
Rádio Terra das Águas
89,7 FM
Rádio Guaíra
Marechal C. Rondon
| Marechal C. Rondon | Fonte: Catve | Fotos: Catve | 22 de Novembro de 2018

Falta de profissionais em Marechal Rondon suspende atendimentos

A Unidade de Saúde do Bairro Augusto foi uma das seis que ficou sem atendimento médico na quarta-feira (22) em Marechal Cândido Rondon. A determinação da organização Pan-Americana de Saúde de que os médicos cubanos encerrassem ontem mesmo as atividades pegou de surpresa o município. Com mais de 44 mil habitantes, a cidade contava até então com 15 médicos, 11 só do Programa Mais Médicos, dos quais cinco eram cubanos. Ou seja, com a saída de Cuba do programa, Marechal Cândido Rondon fica temporariamente com um terço de médicos há menos, o que fez com que a Secretaria de Saúde tomasse previdências emergenciais.

Por conta das medidas, uma gestante conseguiu ser atendida nesta quinta-feira (22). Mas o seu Wilson, que gostava do atendimento dos médicos cubanos, ainda está preocupado.

Na semana seguinte ao comunicado da Opas sobre a saída dos médicos cubanos, o Ministério da Saúde abriu um edital emergencial do Programa Mais Médicos. O objetivo é garantir que o período de falta de assistência médica para as populações atendidas por cubanos seja o menor possível.

O primeiro edital prevê a contratação de médicos com CRM, ou seja, formados no Brasil ou que fizeram o revalida, e permanece aberto até o dia 25 de novembro. A partir de então, os profissionais poderão se dirigir para as cidades em que foram alocados. A expectativa é que eles comecem as atividades a partir do dia 3 de dezembro.

No início do dia 26% dos médicos que tiveram as inscrições efetivadas já haviam sido alocados em um município. Como é o caso de um profissional do nordeste que entrou em contato hoje com a Prefeitura de Marechal Cândido Rondon. No entanto, a preocupação é que os ataques cibernéticos registrados na plataforma atrase o processo.

Em todo o Brasil são 8.517 vagas distribuídas em 2.824 municípios e 34 Distritos sanitários especiais indígenas. Dos 18 municípios da 20º Regional de Saúde, 11 estão inclusos: Além de Marechal Cândido Rondon, Toledo, Santa Helena, Assis Chateaubriand, Guaíra, Maripá, Nova Santa Rosa, Quatro Pontes, São José das Palmeiras, Terra Roxa e Pato Bragado. Muitos desses, sem estratégias para suprir a demanda até a chegada dos novos profissionais.

Caso não haja o preenchimento total das vagas ou haja desistências, o Ministério da Saúde informou que um segundo edital será lançado na próxima semana, com vagas para brasileiros e estrangeiros formados no exterior.

Costa Oeste News Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 99102-5533
Rádio São Miguel Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 98407-8348
Rádio Terra das Águas Telefone (45) 3268-8778 | Whatsapp (45) 98818-3666
Rádio Independência Telefone (45) 3264-1713 | Whatsapp (45) 99935-8890
Rádio Guaíra Telefone (44) 3642-1945 | Whatsapp (44) 99118-5606