SÁBADO, 25 DE MAIO DE 2019
Predomínio de Sol
20º
MÁX
12º
MIN
1020 AM
Rádio Independência
106,5 FM
Rádio São Miguel
93,3 FM
Rádio Terra das Águas
89,7 FM
Rádio Guaíra
| Fonte: Alessandro Kunhaski | Fotos: monterealonline | 14 de Maio de 2019

Suinocultores da região já sentem reflexos positivos após crise da peste suína na China

O colapso chinês começa abrir portas para a carne produzida no Brasil.

A peste suína africana está matando milhões de animais e obrigando a China a procurar alternativas para suprir as perdas. O colapso chinês começa abrir portas para a carne produzida no Brasil. Essa demanda cresceu depois que o país asiático autorizou frigoríficos brasileiros a exportar subprodutos de carne de porco.

Do pequeno ao grande produtor o reflexo já pode ser sentido na estimativa de produção. Segundo o Diretor Executivo da Frimesa, Elias Zydek, os frigoríficos de Medianeira e Marechal Cândido Rondon estão trabalhando com capacidade total. (Ouça abaixo 1)

O pequeno produtor da região também está comemorando. Miguel Belini morador da comunidade de Linha Sanga Seca, em Missal, conta com 500 animais na sua granja. Com o momento favorável, ele faz planos para mais do que dobrar a produção de porcos. (Ouça a baixo 2 )

O analista da MB Agro, César de Castro, em entrevista para o Canal do Boi afirmou que a demanda chinesa por exportação de carne suína será duradoura e pode ser permanente. ( Ouça abaixo 3)  

 

 

Segundo o Diretor Executivo da Frimesa, Elias Zydek.
O pequeno produtor da região também está comemorando Miguel Belini.
Analista da MB Agro, César de Castro.
Costa Oeste News Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 99102-5533
Rádio São Miguel Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 98407-8348
Rádio Terra das Águas Telefone (45) 3268-8778 | Whatsapp (45) 98818-3666
Rádio Independência Telefone (45) 3264-1713 | Whatsapp (45) 99935-8890
Rádio Guaíra Telefone (44) 3642-1945 | Whatsapp (44) 99118-5606