TERÇA-FEIRA, 25 DE FEVEREIRO DE 2020
Pancadas de Chuva
30º
MÁX
22º
MIN
1020 AM
Rádio Independência
106,5 FM
Rádio São Miguel
93,3 FM
Rádio Terra das Águas
89,7 FM
Rádio Guaíra
820 AM
Rádio Cultura Foz
| Fonte: AEN | Fotos: AEN | 24 de Agosto de 2019

Governador reforça a ministro meta de tornar o Paraná polo agritech

Ratinho Junior apresentou o projeto ao Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior reforçou nesta sexta-feira (23), em encontro com o Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, a meta de transformar o Paraná em um grande polo de inovação em agritech - tecnologia aliada ao agronegócio. O governador recebeu o ministro no Palácio Iguaçu, logo após ele receber o título de cidadão honorário do Paraná na Assembleia Legislativa.

Para Ratinho Junior, somente com a utilização de tecnologia é que o agronegócio do Paraná conseguirá mudar de patamar na produção de alimentos, ganhando em qualidade ofertada e ampliando as exportações.

“Precisamos avançar no agritech, ter mais precisão para, por exemplo, usar menos agrotóxico e se tornar cada mais sustentável”, afirmou. “E isso só será possível com o aval e respaldo científico do ministério, melhorando todo o arranjo produtivo”, completou.

Uma das possibilidades é começar o projeto por Londrina, no Norte do Paraná, aproveitando o ecossistema de inovação já implantado na região, que conta com mais de 400 startups.

A iniciativa de criação do polo engloba uma grande parceria, envolvendo Celepar, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Agência Paraná de Desenvolvimento, Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento, as universidades estaduais e parcerias com a prefeitura e entidades da sociedade.

“O Paraná, que é um dos maiores produtores de alimento do mundo, tem que ser o líder desse processo de inovação no agronegócio”, disse o governador.

CELEIRO DE IDEIAS - O ministro Marcos Pontes destacou que o ministério também aposta no Paraná como celeiro de ideias inovadoras, distribuindo tecnologia para as diversas regiões do País. “Desenvolvemos a tecnologia aqui e depois espalhamos pelo Brasil. Assim conseguiremos resultados excelentes para o Estado e para o País”, disse.

Ele mencionou a criação, na quinta-feira (15), de um grupo para discutir a adoção de tecnologias digitais da chamada “Internet das Coisas” no campo. A “Câmara Agro 4.0” será encabeçada pelos ministérios da Agricultura e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mas contará com a participação de outros órgãos, de pesquisadores e de associações e empresas do setor no país.

O termo “Internet das Coisas” é usado para designar um ecossistema em que não apenas pessoas estão conectadas por meios de seus computadores e smartphones, mas também dispositivos estão interligados entre si, com usuários e com sistemas complexos de coleta, processamento de dados e aplicações de diversos tipos.

Na agricultura, um exemplo é o uso de sensores em tratores que medem a situação do solo e enviam dados para sistemas responsáveis por processar essas informações e fazer sugestões das melhores áreas ou momentos para o plantio.

Outro é o emprego de sistemas para fazer previsão de variações de microclima nas áreas da terra, de forma a melhorar o preparo para as alterações de temperatura ou início e fim de chuvas.

A Câmara também deverá se debruçar sobre programas para fomento à aquisição e difusão de tecnologias inovadoras. Um dos intuitos é estimular a criação e o crescimento de startups como forma de disseminação de soluções técnicas, ampliando a produtividade no campo.

PRESENÇAS – Participaram do almoço o secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva; o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Bona; o superintendente-geral de Inovação, Henrique Domakoski; o deputado estadual Emerson Bacil; e Hélio Bruck Rotenberg, presidente da Positivo Tecnologia.

Costa Oeste News Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 99102-5533
Rádio São Miguel Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 3565-1022
Rádio Terra das Águas Telefone (45) 3268-8778 | Whatsapp (45) 98818-3666
Rádio Independência Telefone (45) 3264-1713 | Whatsapp (45) 99935-8890
Rádio Guaíra Telefone (44) 3642-1945 | Whatsapp (44) 99118-5606
Rádio Cultura Foz Telefone (45) 3026-8020 | Whatsapp (45) 99827-8200