SEXTA-FEIRA, 05 DE JUNHO DE 2020
Chuva pela Manhã
20º
MÁX
11º
MIN
1020 AM
Rádio Independência
106,5 FM
Rádio São Miguel
93,3 FM
Rádio Terra das Águas
89,7 FM
Rádio Guaíra
820 AM
Rádio Cultura Foz
Foz do Iguaçu
| Foz do Iguaçu | Fonte: Assessoria Itaipu Binacional | Fotos: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional | 22 de Maio de 2020

Abertura do vertedouro de Itaipu permite movimentação de 150 barcaças e 500 trabalhadores no Paraguai

A elevação média do nível do Rio Paraná a jusante (abaixo) da barragem de Itaipu foi de aproximadamente três metros nesta semana.

A abertura controlada do vertedouro da usina de Itaipu, desde a última segunda-feira (18), e a elevação do nível do Rio Paraná a jusante (abaixo) da barragem, em aproximadamente três metros, permitiram a movimentação de mais de 150 barcaças e a volta ao trabalho de aproximadamente 500 trabalhadores somente no Paraguai. A informação é do vice-presidente do Centro de Armadores Fluviais e Marítimos do Paraguai, Juan Carlos Muñoz.

A estiagem histórica prejudicou o transporte fluvial de 200 mil toneladas de soja produzidas nos departamentos de Alto Paraná e Itapúa, o equivalente a US$ 100 milhões em exportações. “Foi um grande alívio e uma grande ajuda o fluxo de água que Itaipu começou a liberar”, comemorou Muñoz, em texto publicado pela imprensa paraguaia. “Tínhamos 152 barcaças paradas havia 50 dias por causa da baixa do rio”, completou.

Para o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, a medida adotada pela Itaipu para ajudar os países vizinhos a escoar a safra, resultado de uma negociação das chancelarias e referendada pelo Conselho de Administração, vai permitir um alívio para o Paraguai e a Argentina, num período crucial para a retomada do crescimento de toda a economia mundial.

É pela hidrovia Paraguai-Paraná que passa grande parte da produção agrícola do Paraguai e da Argentina em direção aos portos de Buenos Aires e Montevidéu, no Rio da Prata. Após acordo entre as chancelarias, a Itaipu iniciou a abertura intermitente do vertedouro, que estava fechado havia quase um ano.

Os primeiros comboios começaram a passar pela eclusa da barragem de Yacyretá (usina binacional pertencente ao Paraguai e a Argentina) já na terça-feira (19). A medida também facilitará a movimentação de barcaças vazias para embarcar aproximadamente mais 1,5 milhão de toneladas de soja, que representam mais US$ 600 milhões, de acordo com Muñoz.

O vertimento deve durar até o final de maio, com a liberação (defluência média) de aproximadamente 8.500 metros cúbicos de água por segundo (considerando vazão turbinada e vertimento). Somente nesses primeiros quatro dias, a elevação média do nível a jusante foi de aproximadamente três metros. O vertimento médio foi de 440m3/s.

A operação com o vertedouro não afeta a produção, já que a demanda de energia no Brasil e no Paraguai caiu devido às medidas de controle da pandemia de covid-19.

Costa Oeste News Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 99102-5533
Rádio São Miguel Telefone (45) 3565-1022 | Whatsapp (45) 3565-1022
Rádio Terra das Águas Telefone (45) 3268-8778 | Whatsapp (45) 98818-3666
Rádio Independência Telefone (45) 3264-1713 | Whatsapp (45) 99935-8890
Rádio Guaíra Telefone (44) 3642-1945 | Whatsapp (44) 99118-5606
Rádio Cultura Foz Telefone (45) 3026-8020 | Whatsapp (45) 99827-8200